O local certo para se aprender Linux no Brasil, a sua fonte de artigos, dicas, tutoriais, noticias, howto, reviews e muito mais.

Gravando cds no Linux com CDRecord

Arquivado em Tutoriais <> Sistema
Gravando cds no Linux com CDRecord
Gravar cds e dvds no sistema operacional Linux com CDRecord é bastante simples, porém alguns usuários sentem dificuldades.

Gravação de CDs em sistemas GNU-Linux

Identificando a gravadora

Para identificar a gravadora utilize o comando "cdrecord -scanbus". A saída será algo parecido com isto:

# cdrecord -scanbus
Cdrecord 2.0 (i686-pc-linux-gnu) Copyright (C) 1995-2002 Jörg Schilling
Linux sg driver version: 3.1.24
Using libscg version 'schily-0.7'
scsibus0:
0,0,0 0) 'HL-DT-ST' 'CD-RW GCE-8520B ' '1.03' Removable CD-ROM
0,1,0 1) *
0,2,0 2) *

Anote os três primeiros números ao lado da gravadora identificada (No nosso caso 0,0,0).
Gravando audio

# cdrecord dev=0,0,0 -v speed=20 -fs=16 -audio -eject track1.wav

Parametros:

* dev=0,0,0: dispositivo indicado pelo "cdrecord -scanbus"
* -v : Exibe informações durante a gravação.
* -fs=16: Especifica o tamanho do buffer na memória RAM em megabytes. Substitua o 16 por um número menor caso você tenha pouca memória RAM.
* speed=20: efetua a gravação na velocidade 20x
* -eject: Abre a gaveta do cd-rom após o término da gravação
* -data nome_do_arq: nome e caminho do arquivo .iso (imagem) a ser gravado. Para adcionar espaço entre as faixas utilize o parâmetro -dao

# cdrecord -v dev=0,3,0 speed=20 -audio -dao -eject track1.wav

Para gravar mais de uma faixa utilize "*" para gravar todas as músicas dentro do diretório ou se preferir especificar as que deseja, utilize espaço entre as faixas (ex: track1.wav track3.wav track7.wav)

Gravando dados.

Para gravar CDs de dados no linux, existe duas etapas. A primeira é gerar uma imagem dos dados a serem gravados no CD e a segunda é a gravação em sí.

Para gerar a imagem utilize o comando "mkisofs".

# mkisofs -o /caminho/imagem.iso -JrT /caminho/pasta_com_arquivos/

Parametros:

* -o: Especifica o caminho e o nome da imagem a criar
* -JrT: Pemite a utilização de nomes longos /caminho/pasta_com_arquivos/: Pasta onde estão os arquivos a serem gerador. Pode ser adicionado várias pastas utilizando espaço entre os caminhos (ex: /caminho/pasta_com_arquivos/ /caminho2/pasta_com_arquivos2/).

Feito isso a próxima etapa é a gravação.

# cdrecord dev=0,0,0 -v speed=20 -fs=16 -eject -data /caminho/imagem.iso

Com esse comando o CD será fechado, não permitindo assim gravações adicionais posteriores (multi sessão)
Criando um CD multi sessão

Para se gravar um cd multi sessão, devemos informar ao programa o próximo espaço disponível para gravação.

A criação da primeira imagem ocorre da mesma forma.

# mkisofs -o /caminho/imagem.iso -JrT /caminho/pasta_com_arquivos/

A diferença na gravação está em adicionar a opção "-multi".

# cdrecord dev=0,0,0 -v speed=8 -fs=16 -eject -multi -data nome_da_imagem.iso

Para obter a próxima posição livre do CD usamos a seguinte sintaxe:

# cdrecord -msinfo dev=0,0,0
0,28681

Com essa informação geramos a segunda imagem.

# mkisofs -o imagem2.iso -JrT -C 0,28681 -M /media/cdrom /caminho/diretorio/

Agora é só gravar normalmente.

# cdrecord dev=0,0,0 -v speed=52 -fs=16 -eject -multi -data imagem2.iso

Copiando CDs

Para copiar um cd inteiro em outro cd, deve-se primeiro gerar a imagem usando o comando "dd" e em seguida gravá-la normalmente usando o cdrecord. O comando para gerar a imagem é:

# dd if=/dev/cdrom of=imagem.iso

Esse texto é de autoria de Willian Itiho Amano
Envie seu comentário
 
 
Copyright © Sputnix.com.br, Seja Livre, Use Linux